Últimas aquisições MPR #06

Entre agosto e setembro de 1956, o Presidente da República Francisco Craveiro Lopes fez a terceira viagem oficial a África. Visitou Moçambique e, numa atitude pioneira, visitou também países vizinhos, promovendo a amizade entre os povos: a Federação da Rodésia e Niassalândia — ou Federação Centro-Africana — e a África do Sul.

Robert Tredgold, governador-geral interino da Federação, cuja capital era Salisbúria — atual Harare — ofereceu ao general Craveiro Lopes duas gravuras com fauna africana, reproduções coloridas à mão, do álbum de William Corwallis Harris: Portraits of the game and wild animals of Southern Africa, delineated from life in their native haunts […], in 1836 and 1837, publicado em Londres, em 1840.

As viagens dos chefes do Estado aos territórios africanos sob soberania portuguesa — as chamadas colónias, primeiro, depois de 1951, províncias — realizaram-se como afirmação de uma unidade nacional aos olhos dos portugueses, mas, principalmente, aos olhos da comunidade internacional que, com a Carta da Organização das Nações Unidas, em 1945, esperava o fim do colonialismo tradicional.

Clique para conhecer mais peças que o MPR adquiriu para a sua coleção.

Multimédia

Percorra a galeria carregando nas imagens para ampliá-las e ler as respetivas legendas.

Zebra — gravura colorida à mão. No álbum original, de Sir William Cornwallis Harris, publicado em 1840: «Plate V — Equus Burchellii», p. 17. Rinoceronte — gravura colorida à mão. No álbum original, de Sir William Cornwallis Harris, publicado em 1840: «Plate XVI — Rhinocerus Africanus», p. 81. Visita de Francisco Craveiro Lopes à Federação da Rodésia e Niassalândia. À frente: o Presidente da República dá a sua direita ao governador-geral interino da Federação, Robert Tredgold; atrás, trocando a ordem: Berta Arthur Craveiro Lopes recebe a direita de Margaret Tredgold.