Últimas aquisições MPR – abril 2021

A República é uma área central na missão do Museu da Presidência da República. A par do seu estudo, o enriquecimento da coleção é um propósito que está sempre presente.

Antes e após a instauração da República, produziram-se e comercializaram-se muitos géneros de peças, presentes no dia a dia do cidadão comum, que promoviam e celebravam a República: as suas cores, os seus símbolos, as suas figuras de proa. Dois bons exemplos — uma placa de zinco e uma composição de retratos — passam, agora, a fazer parte da coleção do Museu.

Uma criança representa a jovem República, usando o barrete vermelho com o escudo português e uma faixa com a data de instauração do novo regime — 5 de outubro. À sua volta, as principais figuras do movimento republicano. No sentido dos ponteiros do relógio, começando no canto inferior esquerdo: José Relvas, Machado dos Santos, António Luís Gomes, Bernardino Machado, António José de Almeida, Teófilo Braga, Afonso Costa, Manuel de Azevedo Gomes, Xavier Correia Barreto, Consiglieri Pedroso e Miguel Bombarda. Esta placa decorativa, em zinco, podia ser colocada na parede de uma casa, de uma loja, de um clube republicano.

Composição com cinco figuras de proa do movimento republicano. Em cima: Manuel de Arriaga, à esquerda; António José de Almeida, à direita. Em baixo: Afonso Costa, à esquerda; Bernardino Machado, à direita. Ao centro: Alexandre Braga. Três dos cinco retratados foram Presidentes da República: Manuel de Arriaga, 1911-1915; Bernardino Machado, 1915-1917 e 1925-1926; António José de Almeida, 1919-1923. Estes retratos a carvão, emoldurados, a tinham a mesma função decorativa da placa de zinco.

Multimédia

Percorra a galeria carregando nas imagens para ampliá-las e ler as respetivas legendas.

Homenagem à República Portuguesa ilustrada numa placa de zinco. Composição com cinco figuras de proa do movimento republicano.